8 de fev de 2010

As belezas da rica Dubai – Emirados Árabes

Pela manhã bem cedo embarcamos para Dubai, um dos sete emirados, e a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos (EAU), com aproximadamente 2.262.000 habitantes. Dubai é conhecida, mundialmente, por ser extremamente moderna, “futurista” e com enormes aranha-céus (atualmente o maior edifício do mundo encontra-se em Dubai).

O desembarque no Aeroporto Internacional de Dubai não deixava dúvidas: estávamos inegavelmente no Primeiro Mundo. Tudo um verdadeiro luxo. Agora a religião, os incríveis e antigos monumentos e todos os outros encantamentos ficariam nas nossas lembranças. A partir daquele momento estávamos diante de uma outra realidade: a riqueza, o belo, o exuberante.

Chegamos antes do meio dia, fomos ao hotel, e em seguida, caminhamos em direção ao Burj Dubai, considerado o novo prédio mais alto do mundo. A estrutura tem mais de 800 metros de altura e 160 andares. Ele supera em 300 metros o recordista anterior, o Taipé 101, que ostentava esse título desde 2004. A obra iniciou em 2004 e contou com 12 mil trabalhadores. Tiramos muitas fotos e seguimos em frente, pois havia muito para ver e fazer.

A cidade é bem estruturada e há duas linhas de ônibus para turismo: uma verde (que mostra as praias) e outra vermelha (que circula pelos principais pontos turísticos da cidade e inclui um memorável tour em uma simpática traineira adaptada para turismo). Há muitos shoppings confortáveis e um grande mercado de rua especializado em ouro. Pode-se ver gente de todas as nacionalidades.

A cozinha é internacional e o que não faltam são bons restaurantes. Mas, não podíamos voltar sem antes jantar no famoso e luxuoso restaurante no topo do hotel Burj Al Arab. Construído sobre uma ilha artificial que fica a 280 metros fora da praia de Jumeirah e está conectada a ela, por uma ponte curvada particular. É uma estrutura ícone, desenvolvida para simbolizar a transformação urbana em Dubai e para imitar a vela de um barco.

O arquiteto e consultor de engenharia para o projeto foi Atkins, a maior consultoria multidisciplinar do Reino Unido. O hotel foi construído pelo grupo Sul-Africano de construção Murray & Roberts. A construção do hotel custou $ 650 milhões.

Foram dias memoráveis, mas já era tempo de fazer as malas e deixar um dos hotéis e lugares dos mais encantadores que há neste vasto e admirável mundo em que vivemos.

Nenhum comentário: