12 de mai de 2012

O que os times do Santos, Fluminense e Botafogo nos ensinou?


A rodada do futebol brasileiro neste meio de semana, (10/05), teve várias revelações interessantes para a gestão empresarial. O Fluminense manteve a calma e, uma vez mais, fez valer a força da equipe para reverter o placar parcial desfavorável e vencer o forte time do Internacional de Porto Alegre.



O Santos parece ter usado a afirmação do técnico boliviano Angél Hoyos, que não conhecia o Neymar, para motivar ainda mais a sua equipe. O que aconteceu foi que em noite iluminada o Santos “atropelou” na Vila Belmiro a equipe do Bolívar (Bolívia) por 8x0, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O resultado foi ainda mais valorizado pelas belíssimas jogadas de atletas habilidosos como Neymar, Ganso, Alan Kardek, Elano e Borges.



O Botafogo depois de ser derrotado pelo Fluminense por 4x1, voltou a perder, desta vez, para o Vitória da Bahia por 1x0. Aparentemente, nada anormal, pois afinal de contas os seus adversários são equipes muito bem preparadas. No entanto, chamou atenção o fato de nos dois jogos o time de General Severiano ter jogado com um atleta a menos, devido a expulsões.


Podemos depreender que a confiança do time do Fluminense, a habilidade e perseverança do Santos foram bons exemplos a serem seguidos por todos aueles que desejam triunfar. Já o Botafogo contribuiu evidenciando que para vencer é preciso contar com colaboração de todos do time. Quando isso não é possível, o desgaste aumenta e a possibilidade de sucesso diminui bastante.

O campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho em equipe, atitude de vencedor, perseverança, motivação e habilidade de seus atletas. Que vença o melhor!

Pense nisso e ótimo dia!


Clique aqui e curta a página do Vencendo Barreiras no facebook

Nenhum comentário: