18 de out de 2010

E se Einstein fosse seu cliente?



Você se considera um consultor de vendas acima da média? Se Einstein fosse vivo e você tivesse que vender seu produto para ele, como se comportaria? Um desafio e tanto, não seria mesmo? Pois bem, saiba que muitos dos que trabalham com vendas enfrentam, sem se dar conta, clientes “Einstein”.

O primeiro passo é assimilar que ele é um cliente importante, sem se intimidar. Deixe, mesmo a contra gosto, que ele se sinta o “todo poderoso”. Isso não terá a menor importância se você fizer a venda. O próprio Einstein ensinava: "Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas ou coisas”.

O bom consultor de vendas deve realizar o seu trabalho com maestria e cumprir a meta de vender aquilo que se propõe, não importando para quem seja. Mesmo que o cliente se sinta sábio como “Einstein” ou poderoso como Deus, o verdadeiro vendedor deve abordá-lo com respeito e comportar-se como se ele fosse mais do que Deus, pois, afinal de contas, o Senhor perdoa, mas o cliente jamais.

Pense nisso e ótimo dia,

Nenhum comentário: