19 de abr de 2010

Decidir bem pode parecer simples, mas não é fácil


Você se sente seguro para tomar decisões? Considera-se um expert na arte de dicidir? Costuma ouvir às partes antes de tomar uma decisão?

Saiba que pequenos cuidados podem evitar frustrações, como por exemplo:


1 - Pessoas: escolha com cuidados as pessoas a serem envolvidas;

2 - Contexto: em que tipo de ambiente a decisão será tomada;

3 - Comunicação: como comunicar à decisão e como conseguir interação das partes;

4 - Controle – Como controlar o processo e o conteúdo da decisão;

5 - Metas – Estabelecer metas que sejam:

A - Específicas (conteúdo e tempo) – Os envolvidos devem saber, exatamente, o que será alcançado. Deve haver tempo limite para cada etapa;

B – Mensurável – Quando as metas puderem ser quantificadas;

C – Alcançável – O que for estabelecido deve estar ao alcance dos envolvidos, além de servir como fator motivacional;


D – Realista – Deve-se ter os meios adequados para alcançá-las;

6 - Plano de ação – Sem um bom plano de ação, dificilmente chegará onde se espera;


7 - Agir – cuidado para não perder o tempo ideal para decidir.

Pense nisso e ótimo dia,

Nenhum comentário: