6 de mai de 2013

Quando o encantamento ceder lugar a racionalidade você encontra a real felicidade


Quando “surfamos a crista da onda” fica difícil diferenciar os verdadeiros dos falsos acontecimentos. O ego fica tão inflado, que separar o real do teatral é quase impossível. Quando a maré é muito favorável, as pessoas que se aproximam, quase sempre, estão mais interessadas em nos poupar, do que deixar que a realidade da vida revele a sua verdadeira face.

Assim, aquele que experimenta este tipo de vida, fica tão exposto as diversas espécies de mascaras, que passa a acreditar que o tipo de vida que está levando é real. Fica impotente para perceber que nada dura para sempre. Que cedo ou tarde as máscaras cairão, os “amigos” desaparecerão e as críticas virão em forma de boomerang.

Daí, o mais comum é o encantamento ceder lugar a racionalidade e, provavelmente a pessoa descobrirá que aquilo que considerava felicidade, não passava de lampejos de superficialidade. 

Pense nisso e um abraço do Evaldo Costa

Nenhum comentário: