3 de set de 2012

Paralimpíadas 2012: Provas, medalhas e, sobretudo, lições de vida


Nos jogos Paralímpicos de Londres, mais três ouros para o Brasil no Atletismo. Os três nos 200m rasos. No estádio para 80 mil pessoas, construído para as Olimpíadas, difícil encontrar um lugar vago nas Paralimpíadas.

O sul-africano Oscar Pistorius conhece bem essa pista: ele disputou os Jogos Olímpicos. Desta vez, nos 200m rasos, o supercampeão e recordista mundial da prova parecia correr para mais uma vitória. Mas ele foi surpreendido por Alan Fonteles. O paranaense bateu o ídolo e ganhou a primeira medalha de ouro em Paralimpíadas.“Significa muito para mim. Significa quebra de barreiras, significa que nada é impossível. Muitas pessoas me diziam: ‘Oscar Pistorius está além, ele é de outro planeta’, mas eu mostrei hoje que não é assim. Eu também posso fazer o meu melhor e ganhá-lo”, disse o medalhista.

Bem dizia o ilustre Mahatma Gandhi: "A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável". Quando se tem vontade, podemos quebrar barreiras inimagináveis. Lembre-se sempre de que não há obstáculo tão grande que você não possa superar.  E quando tudo parecer estar perdido, você pode se surpreender. Acredite sempre em você! 

Continue acompanhando o blog Evaldo Costa e se surpreenda com outras belas lições de vidaNão deixe de conferir!

Nenhum comentário: