28 de mai de 2010

Na escada da vida


Imagine se a vida fosse subir os degraus de uma escada rolante que desce constantemente. Daí, você passa o dia todo subindo os degraus e quando vai descansar, sem perceber, desce vários deles.
No dia seguinte você terá que subir tudo novamente. Descansou-se mais que subiu no dia anterior, terá que ficar hoje mais tempo subindo se quiser compensar as perdas do dia anterior. Se deixar acumular poderá nunca conseguir chegar onde pretende.
Mas, afinal de contas onde pretendo chegar? A minha meta é o topo da escada? Isso depende de cada um. Porém, o importante não é alcançar o topo, mas sim o degrau mais alto possível, sem deixar de apreciar os que cruzam conosco na escada da vida.
Pense nisso e ótimo dia,

Nenhum comentário: