17 de jul de 2009


Quem busca o sucesso não aceita a mediocridade
Ser razoável é uma infeliz condição humana que é perpetuada e promovida em nossa sociedade, como uma coisa boa. Muitas pessoas poderiam ser ótimo em suas atividades, mas acabam se contentando com a mediocridade. Elas descobrem que com menos esforço pode-se, por exemplo, ser classificado em um concurso e receber o mesmo salário do primeiro colocado. Aliás, muitas vezes, graças ao conhecido “jeitinho brasileiro” o medíocre acaba se dando melhor do que o primeiro colocado.

É bom saber que nem sempre é assim que a coisaS funcionaM. Muitos dos adeptos da “lei do menor esforço” poderão pagar um preço muito elevado quando, por exemplo, estiver competindo no mercado e depender das vendas de seus produtos e serviços. Eles logo descobrirão que ser "razoável" com o seu cliente não será suficiente para conquistá-lo. O consumidor quer produtos e serviços otimizados e se você não tem isso para entregar, ele vai bater em outra porta.

Se você busca o sucesso, recuse-se a aceitar a idéia que você não poderá ter a vida que tanto sonha alcançar objetivos ousados, fechar muitos negócios, ganhar muito dinheiro e acumular riquezas. Se você não lutar com afinco contra esses falsos, porém poderosos, pensamentos terão os mesmos destinos dos medíocres.

Lembre-se que pessoas bem sucedidas não são razoáveis e sim excelentes no que se propuseram a fazer. A maioria delas pensa como Benjamin Franklin: "Se você não quer ser esquecido quando morrer escreva coisas que vale a pena ler ou faça coisas que vale a pena escrever."

Nenhum comentário: